\r\n

EMEL quer ter rede de 'bike sharing' de 2 milhões de euros pronta dentro de um ano

\r\n

 

\r\n

A Empresa de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa (EMEL), dentro de um ano, irá criar uma rede de 1.200 bicicletas partilhadas, distribuídas pela zona alta da cidade de Lisboa e pela frente ribeirinha.

\r\n

\r\n

 

\r\n

 

\r\n

Segundo Luís Natal Marques,
"É um investimento de 1.200 bicicletas distribuídas por mais de 100 postos de recolha e de colocação. 
Não são poluentes e que hoje em dia, por essa Europa fora, são perfeitamente habituais"

\r\n

 

\r\n

 

\r\n

 

\r\n

A ideia passa pela colocação das bicicletas em espaços definidos: um na zona mais alta da cidade, outra na zona ribeirinha do Cais do Sodré, Terreiro do Paço e depois na zona um pouco mais oriental, no Parque das Nações.

\r\n

Segundo o Plano de Atividades e Orçamento (da EMEL) para 2015, aprovado na semana passada pela Câmara Municipal, a rede de bicicletas terá um custo de cerca de 2 milhões de euros.

\r\n

 

\r\n
\r\n
\r\n

 Mapa de ciclovias em lisboa

\r\n

 mapa da rede 

\r\n
\r\n
 
\r\n\r\n
\r\n

Fonte: Dinheiro Vivo

\r\n

 

\r\n

Registe-se na Rede Social de Turismo e deixe a sua opinião no grupo!

\r\n

https://turismo.redes-sociais.com/junte-se-a-nos/index.php/grupos/viewgroup/1-turismo-em-portugal

\r\n

 

 

Copyright © Sociedade Digital | Privacidade | Termos & Condições | CrowdFunding Networks | Dev. by MARKUP®

 Android app on Google Play 

Pagamentos por Paypal